Polícia prende suspeito de ter estourado caixa eletrônico em padaria de João Pessoa e recupera cerca de R$ 60 mil

Polícia prende suspeito de ter estourado caixa eletrônico em padaria de João Pessoa e recupera cerca de R$ 60 mil

A Polícia Civil da Paraíba, por meio do Grupo de Operações Especiais (GOE), prendeu nesta quinta-feira (3) José Mirinaldo da Silva, 29 anos, e apreendeu com ele um malote contendo aproximadamente R$ 60 mil. Além de Mirinaldo, foram presos Gildemberg Andrade da Silva, 32 anos, e Diego Alves da Silva, 28 anos.

Segundo o delegado Allan Terruel, que coordenou a ação, as prisões ocorreram na localidade conhecida como Cuiá, entre os bairros do Valentina e Geisel, em João Pessoa. A operação foi realizada com o apoio do helicóptero Acauã, da Secretaria da Segurança e Defesa Social do Estado, que transportou o integrante considerado mais perigoso da quadrilha e o malote com o dinheiro. Os presos serão autuados pelos crimes de roubo e associação criminosa.

Para o delegado geral da Polícia Civil, João Alves, essa foi mais uma operação vitoriosa, que desarticulou uma quadrilha especializada em assaltos a bancos e estouro de caixas eletrônicos. “José Mirinaldo da Silva, o Macarrão, já tinha cumprido pena de quatro anos pela prática de assaltos. Ele havia saído da prisão há seis meses e voltou a praticar os crimes. A partir de uma investigação criteriosa chegamos a esse criminoso que é considerado como o principal elemento dessa quadrilha. As investigações vão continuar e poderemos chegar a outros envolvidos”, ressaltou.

O delegado Allan Terruel explicou que além de Mirinaldo, Gildemberg e Diego ainda foram conduzidas para a delegacia duas pessoas que estão sendo investigadas sob a suspeita de terem participado do crime, sendo a mulher de um dos bandidos e um homem que teria sido contratado exclusivamente para transportar o malote de dinheiro. Com o grupo também foram apreendidos oito celulares, relógios, joias e dois automóveis utilizados no crime.

“Desde que houve o estouro do caixa eletrônico na Padaria do bairro de Tambaú, nós começamos a investigar e diligenciar no sentido de prender os suspeitos a partir das filmagens das câmeras de segurança. Hoje, chegamos a um dos principais envolvidos em assaltos a banco no Estado, o José Mirinaldo da Silva, conhecido como Macarrão. Encontramos o suspeito em um automóvel com a mochila cheia de dinheiro na comunidade Beira Molhada e interceptamos no Cuiá, onde se desencadeou a operação policial”, narrou o delegado.

 

 

Secom-PB