Polícia prende quatro pessoas acusadas de matar jovem a pauladas no Centro de JP

Polícia prende quatro pessoas acusadas de matar jovem a pauladas no Centro de JP

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Crimes contra a Pessoa (Homicídios), prendeu, na manhã desta terça-feira (22), quatro pessoas acusadas de assassinar, no mês de maio deste ano, Alan de Sousa Carvalho, de 26 anos. O crime foi praticado em frente à casa dos acusados, que trabalham como lavadores de carro no centro de João Pessoa, local que era ponto de encontro do grupo para consumo de drogas. Foram as informações colhidas na área que levaram a polícia até Ivanildo de Lima Silva, de 23 anos, Roberto da Silva, 42 anos, Josinaldo Gomes da Silva, de 34 anos e Adriano Vicente Barbosa, de 30 anos.

De acordo com as investigações, o crime foi praticado durante uma discussão entre os acusados e a vítima, que teriam se desentendido depois de consumir drogas. Como sempre fazia, o grupo obrigava Alan pedir dinheiro a avó para comprar mais pedras de crack e como ele se negou foi agredido com várias pauladas até a morte. Alan já tinha sido agredido pelos acusados dez dias antes pelo mesmo motivo.

Os mandados de prisão foram liberados pela Justiça no sábado. De posse deles, os policiais da Delegacia de Homicídio montaram campana e prenderam Ivanildo, Roberto e Josinaldo em casa, já Adriano foi preso no Rio Grande do Norte, quando estava descarregando um caminhão na cidade de Natal.

O grupo foi apresentado à imprensa e depois encaminhado para o presídio do Roger, na Capital. Com a prisão dos acusados, o delegado responsável pelas investigações, Bruno Victor, disse que o caso foi concluído. “Agora eles vão aguardar presos pela decisão da Justiça. Um deles, Ivanildo, já cumpriu pena por roubo e receptação”, informou o delegado.

 

 

Secom PB