Polícia prende grupo que comemorava crimes em grupo no WhatsApp

Polícia prende grupo que comemorava crimes em grupo no WhatsApp

A Polícia Civil e Militar da Paraíba conseguiu identificar cinco pessoas suspeitas de assaltos, roubos e tráfico de drogas em cidades do Curimataú da Paraíba com o auxílio das novas tecnologias. A prisão de três homens e dois adolescentes aconteceu nesse sábado (14), na cidade de Nova Floresta, a 120 km de João Pessoa, durante a Operação 'Zap Zap'. Segundo os policiais, o grupo se 'vangloriava' das ações criminosas pelo aplicativo WhatsApp.

De acordo com a Polícia Civil, os suspeitos costumavam divulgar fotos comemorando os crimes em um grupo no aplicativo de mensagens, cujo nome não foi divulgado para não atrapalhar as investigações. Há trinta dias a Polícia Civil realizava um trabalho de monitoramento do grupo depois de uma série de assaltos e roubos nas cidades de Nova Floresta e Cuité. A maioria das ações criminosas foram em postos de combustíveis, lojas e roubo a pessoa e outros tipos de delito que foram publicados nas redes sociais.

Durante a operação, os suspeitos não foram pegos com nenhum objeto ilícito. Mas, como as fotos deles no WhatsApp eram de exposição com armas e áudios confirmando a participação deles em crimes, os três jovens foram indiciados por formação de quadrilha e levados para o presídio local. Os dois adolescentes foram entregues aos pais.

 

 

 

Clic PB