Polícia prende falso padre acusado de vários crimes, o sertão da Paraíba

Polícia prende falso padre acusado de vários crimes, o sertão da Paraíba

O Grupo Tático Especial da Polícia Civil de Sousa (GTE), cumpriu um mandado de prisão em desfavor do popular Antônio Artagnan de Lima, de 40 anos, conhecido também como Frei Rodrigues e Missionário Artagnan, natural de Forquilha/CE, que residia atualmente na cidade de Brasília/DF.

 

Contra o mesmo existia um mandado de prisão expedido pela 2ª Vara de Execução Penal de Fortaleza/CE. A prisão se deu após troca de informações entre as polícias dos estados do Ceará, Brasília e o GTE de Sousa.

A prisão aconteceu no interior de uma pousada na cidade sorriso, momento em que o mesmo se preparava para viajar. Frei Rodrigues como era conhecido, costumava prestar testemunho nas Igrejas Evangélica, aonde afirmava que tinha deixado de ser Padre da Igreja Católica e tinha se convertido a Evangélico.

Em entrevista o falso vigário afirmou que fez diversos casamentos, batismos e confissões, passando pelos estados do Ceará, Maranhão e Piauí , e chegou a cidade de Sousa por meio de um convite feito por um pastor de uma Igreja Evangélica de Nazrezinho, e prestou o seu testemunho em várias igrejas da região da grande Sousa.

Artagnan é acusado de estelionato no Estado do Ceará e corrupção de menores no estado do RN. O mesmo foi encaminhado à Delegacia de Sousa e em seguida foi levado à Colônia Penal Agrícola do Sertão e posteriormente a capital cearense, onde ficará à disposição da Justiça.

 

 


 

Fonte: Sertão Informado