Polícia prende empresário suspeito de fraudar negociações de veículos pela internet

Polícia prende empresário suspeito de fraudar negociações de veículos pela internet

Cidadãos que tenham sido vítimas do empresário Wanderson Ranieri Divino Trajano, 33 anos, em fraudes relacionadas à compra e venda de veículos pela internet devem procurar a Delegacia de Defraudações (DDF) da Capital, para registro de Boletim de Ocorrência. É o que orienta o titular da unidade policial, delegado Lucas Sá, segundo o qual Wanderson estava sendo investigado há seis meses e responde 11 processos por crimes de estelionato, que tramitam nos estados da Paraíba, Alagoas, Rio de Janeiro e São Paulo.

“Ele foi preso em flagrante por meio do trabalho investigativo integrado de delegacias da 1ª Superintendência Regional de Polícia Civil (SRPC), nesta segunda-feira (24), durante a ‘Operação Hemera’, que teve como objetivo desarticular uma quadrilha especializada em crimes contra o patrimônio no Vale do Mamanguape, Litoral Norte do Estado. Além do flagrante, havia dois mandados de prisão preventiva provenientes de inquéritos em tramitação na DDF contra o empresário. Ele também utilizava identidades falsas para fraudes em depósitos bancários (depósitos em branco) obtendo de forma criminosa mais de R$ 200 mil”, revelou a autoridade policial.

Segundo o delegado, Wanderson agia de duas formas: vendendo carros fraudados e nunca realizando a transferência dos veículos ou comprando os carros e não fazendo o pagamento referente à negociação. “Pedimos que as pessoas que o reconhecerem compareçam à delegacia, para devido BO, e para que Wanderson responda por todas as fraudes praticadas até então”, afirmou.

 

 

 

 

Paraiba.com.br