Polícia prende empresário da construção civil suspeito de estuprar menina de 11 anos em João Pessoa

Polícia prende empresário da construção civil suspeito de estuprar menina de 11 anos em João Pessoa

A Polícia Civil da Paraíba, por meio da Delegacia de Crimes Contra a Infância e Juventude de João Pessoa, prendeu nesta quinta-feira (21) o empresário da construção civil, Carlos Humberto Pereira Machado, de 48 anos. Ele é suspeito de estuprar uma menina de 11 anos e foi localizado pelas polícias paraibana e do Ceará na cidade de Fortaleza.

O empresário está sendo indiciado por estupro de vulnerável, crime cuja pena varia de oito a 15 anos de prisão. De acordo com o superintendente da 1ª Região Integrada de Segurança Pública (Reisp), delegado Wagner Dorta, as investigações sobre o caso seguem sob segredo de Justiça.

O crime aconteceu em janeiro deste ano e foi denunciado pela mãe da menina, que procurou a Polícia. Depois de ouvir a criança, a delegada Joana D'arc Aires, responsável pelo inquérito, pediu a prisão preventiva do empresário, que fugiu de João Pessoa. Foram meses de investigação até se descobrir que Carlos Humberto, depois de se mudar várias vezes, havia fixado residência em um apartamento de luxo na praia do Meireles, em Fortaleza (CE).

Policiais de ambos os estados montaram campana e na hora em que o suspeito chegou em casa foi abordado e recebeu voz de prisão. Carlos Humberto foi encaminhado para uma delegacia distrital de Fortaleza e será transferido para a capital paraibana na manhã desta sexta feira (22).

 


Redação com Secom-PB