Polícia prende e apreende 48 acusados de homicídios durante o mês de janeiro na Paraíba

Polícia prende e apreende 48 acusados de homicídios durante o mês de janeiro na Paraíba

A Polícia Militar prendeu e apreendeu 48 suspeitos de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) - homicídios dolosos ou qualquer outro crime doloso que resulte em morte -, nos 31 dias do mês de janeiro, na Paraíba. Os acusados foram detidos através de rondas, diligências e levantamentos feitos pelos militares.

Neste fim de semana, as ações da Polícia Militar foram fundamentais para a polícia judiciária elucidar mais quatro crimes no Estado, sendo um deles de latrocínio (que é o roubo ou tentativa seguida de morte).

Ramon Martins de Carvalho, de 20 anos, e Diogo Ferreira da Silva, 21, foram presos no último sábado (31), na cidade de Jacaraú, com duas armas de fogo. A dupla é acusada de matar o aposentado Severino José da Silva, de 65 anos, durante um assalto, na última sexta-feira, no município de Pedro Régis. Os suspeitos confessaram o crime e foram apresentados na Delegacia da Polícia Civil, em Mamanguape. No local onde eles foram encontrados, a PM ainda apreendeu dois tabletes de maconha e 17 pedras de crack.

Em Santa Rita, a Polícia Militar prendeu em flagrante um homem acusado de um duplo homicídio, no Distrito de Livramento, e apreendeu também um jovem, de 15 anos, suspeito de matar a pedradas um homem de 48 anos, em Odilândia - Zona Rural do município. O adolescente foi localizado ainda com as mãos e o rosto sujos do sangue da vítima. Ele foi levado para a 6ª Delegacia Distrital, em Santa Rita. A outra prisão do fim de semana foi na cidade de Alhandra, na sexta-feira.

A Operação Férias, realizada no período de 9 de janeiro a 1º de fevereiro, foi responsável por 38 prisões e apreensões de suspeitos de Crimes Violentos Letais Intencionais.

 

 

 

Secom