Polícia prende casal acusado de vender pacotes de viagens falsos em JP

Polícia prende casal acusado de vender pacotes de viagens falsos em JP

A empresária paraibana Mariana Reis e o esposo Vitor Reis foram presos nos Estados Unidos, acusados de venderem pacotes de viagens falsos a clientes de João Pessoa.

O casal estava foragido e só foi localizado graças a uma parceria da Polícia Civil da Paraíba com a Interpol.

A prisão aconteceu na semana passada, mas só foi divulgada na noite de ontem.

Vitor está em um presídio americano, enquanto a que Mariana cumpre pena domiciliar com uma tornozeleira eletrônica para poder cuidar dos filhos.

O processo de deportação do casal já está em curso e só foi possível após eles assinarem um acordo com a Justiça. Assim que desembarcarem no Brasil, Mariana e Vitor terão que se apresentar à polícia.

Entenda o caso

A empresária é acusado de causar um prejuízo financeiro superior a R$ 100 mil a clientes. O golpe era praticado na rede de agências de viagens da suspeita, que funcionava em dois shoppings da Capital e no bairro de Tambauzinho.

O levantamento realizado pelos policiais civis mostrou que Mariana se passava por representante legal de uma empresa de cruzeiros marítimos de nível internacional para praticar a fraude. Após a descoberta do golpe pelas vítimas, a empresária fechou as agências de viagens que funcionavam em João Pessoa e fugiu.

 

 

 

MaisPB