Polícia mata traficante Fat Family em operação no RJ

Polícia mata traficante Fat Family em operação no RJ

O traficante Nicolas Labre Pereira de Jesus, conhecido como Fat Family, foi morto em operação da Polícia Civil nesta segunda-feira (26), aos 28 anos. A ação da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) ocorreu no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio e deixou mais 2 suspeitos mortos. Além disso, três fuzis foram apreendidos, segundo a assessoria de imprensa da corporação.

O criminoso seria um dos chefes do tráfico de drogas no Morro Santo Amaro, no Catete, Zona Sul da cidade. Baleado em um confronto em junho, ele foi resgatado do Hospital Souza Aguiar.

Esta não foi a primeira vez que a polícia fez uma operação para encontrar o fugitivo. No dia 1º de setembro, na mesma comunidade, três delegacias tentaram encontrá-lo. No dia 22 de junho, a polícia fez uma ação na Comunidade do Rola, em Santa Cruz. Dois dias depois, repetiu a ação no Conjunto de Favelas da Maré.

Ainda em junho, mobilizou 27 batalhões para tentar encontrar Fat Family na capital, na Região dos Lagos e na Baixada Fluminense. Em nenhuma delas teve êxito.

Resgate em hospital
Fat Family foi resgatado por comparsas de dentro do Hospital Municipal Souza Aguiar, a principal unidade de emergência no Centro do Rio, em uma ação ousada durante a madrugada do dia 19 de junho.

Segundo informações da PM, um  grupo de aproximadamente 25 homens chegou ao hospital numa ação quase cinematográfica: em quatro motos e cinco carros e armados com fuzis, pistolas e explosivos.

O objetivo era conseguir libertar o suspeito que estava sob a custódia de quatro policiais militares. Durante o ataque, que aconteceu por volta das 3h15, uma pessoa morreu e outras duas ficaram feridas.

 

 

G1