Polícia Federal tenta ouvir ex-presidente Lula há sete meses sobre o mensalão

Polícia Federal tenta ouvir ex-presidente Lula há sete meses sobre o mensalão

A Polícia Federal tenta há sete meses obter o depoimento do ex-presidente Lula no inquérito sobre supostos repasses ilegais da Portugal Telecom ao PT. As investigações foram abertas em 2012, após novas declarações do publicitário Marcos Valério de Souza, operador do chamado “mensalão”.

Valério, que cumpre pena de mais de 40 anos, acusou Lula o ex-ministro Antonio Palocci de intermediar pagamento de R$ 7 milhões ao partido, para pagar dívidas de campanha.

As declarações geraram pelo menos dois inquéritos policiais, que tramitam em Brasília e Minas Gerais; além de outros seis procedimentos no Ministério Público Federal. Desses, pelo menos dois já foram arquivados.

O convite não torna obrigatória a convocação do ex-presidente. Mas, o advogado de Lula, Marcio Thomaz Bastos, teria dito à cúpula da PF que o petista tentará marcar em breve uma data para prestar esclarecimentos.

Brasil 247