Polícia detém suspeitos de integrar quadrilha especializada em assalto a bancos

Polícia detém suspeitos de integrar quadrilha especializada em assalto a bancos

A Polícia Militar, por meio da 2ª Companhia Independente em Mamanguape, apreendeu, na tarde desta quarta-feira (3), duas pistolas, várias munições de diversos calibres e explosivos que seriam de um grupo suspeito de praticar assaltos a caixas eletrônicos na região, inclusive de uma explosão em uma agência bancária no município de Jacaraú na madrugada da última terça-feira. Na ação também foram detidos dois suspeitos e aprendidos dois coletes balísticos, além de roupas camufladas, bala clavas e luvas.           

Segundo o capitão Alberto Filho, comandante da 2ª CIPM, a operação foi desencadeada com o intuito de desarticular a quadrilha que vinha agindo na região. “Desde a explosão do caixa eletrônico em Jacaraú, estamos em contínuas diligências. Verificamos alguns rastros deixados pelos veículos usados pelos criminosos, e o nosso Núcleo de Inteligência também vinha fazendo o levantamento de várias informações que nos levaram a um sítio na zona rural do município de Pedro Régis, que serviu como uma espécie de “ponto de apoio” do grupo. Lá detivemos um suspeito e apreendemos o material”, relatou Alberto Filho.

Foram apreendidas duas pistolas calibre 40 e dezenas de munições de calibres 44, 45, de fuzil 7mm e 9mm. No local havia também duas caixas cheias de grampos, que são usados pelos criminosos com o intuito de obstaculizar o tráfego das viaturas, retardando a perseguição policial.     

Dois suspeitos foram detidos pela PM. Um deles seria responsável por vigiar o local juntamente com o material e o outro fornecer informações como dados geográficos da região e rotas de fuga.                                

O Grupo de Ações Táticas Especiais foi acionado para desativar os artefatos explosivos. O material e os detidos foram conduzidos para Delegacia de Mamanguape.    

 

 

 

               

Secom PB