Polícia descobre plano para matar candidato a prefeito na PB; vítima foi escoltada

Polícia descobre plano para matar candidato a prefeito na PB; vítima foi escoltada

A Polícia Militar em São Sebastião de Lagoa de Roça, município do Sertão paraibano, a 150 km de João Pessoa, descobriu e evitou uma tentativa de homicídio contra Walter Brito (PP), ex-deputado estadual, candidato a prefeito do município e pai de Walter Brito Neto (PEN), candidato a prefeito de Campina Grande. A informação foi confirmada na noite desta segunda-feira (12)  por Walter Brito Neto.

Candidato foi escoltado pela polícia

Por telefone, Walter Brito Neto contou que a PM soube de um plano para tentar assassinar Walter Brito e que, possivelmente, o crime seria realizado na noite desta segunda.

“Estávamos nas ruas da cidade realizando campanha quando fomos interceptados e avisados pela PM de que uma ligação havia sido interceptado e um grupo havia planejado um atentado contra a vida do meu pai. Isso poderia acontecer hoje. A PM e a Polícia Rodoviária Federal nos localizaram e nos escoltaram até a saída da cidade para garantir nossa segurança”, contou Walter Brito Neto.

Ainda segundo Walter Brito Neto, a família estranhou a possível tentativa de assassinato, já que Walter Brito não teria inimigos dentro do município.

“Graças a Deus não aconteceu nada, o crime não foi consumado. O estranho é que na cidade não existe inimizade do meu pai com qualquer pessoa. Por isso, lamentamos o ocorrido e esperamos que isso não tenha motivações políticas”, concluiu Walter Brito Neto. 

 

 

 

Fonte: Por Halan Azevedo