Polícia desarticula quadrilha que assaltava lojas e relojoarias

Polícia desarticula quadrilha que assaltava lojas e relojoarias

Três pessoas foram presas na manhã desta quarta-feira (14), em Campina Grande, suspeitas de integrar uma quadrilha especializada em assaltos a lojas e relojoarias da Paraíba e dos estados de Pernambuco e Rio Grande do Norte.

A Operação Vitrine, comandada pela delegada Roberta Neiva cumpriu mandados de prisão e de busca e apreensão em residências de luxo em cinco bairros de Campina Grande. Mais de 50 policiais participaram operação. A ação contou com apoio de policiais civis do Rio Grande do Norte.

De acordo com a delegada Roberta Neiva, dois homens foram presos por força de mandado de prisão e um em flagrante, por porte ilegal de armas. Junto com o grupo, foram apreendidos um revólver, várias munições, roupas e três relógios, possivelmente fruto de roubos.

Na quinta-feira (8), outras duas pessoas foram presas na capital paraibana por também integrarem a quadrilha.

Segundo Roberta Neiva, no mês passado o grupo subtraiu cerca de R$ 700 mil de uma loja do Rio Grande do Norte. Ainda em dezembro, a quadrilha roubou aproximadamente R$ 50 mil de uma loja situada no Retão de Manaíra, em João Pessoa. O estabelecimento fechou as portas após o assalto.

A polícia tem imagens dos crimes praticados pela quadrilha, que “era audaciosa e não se preocupava com câmeras de segurança ou circulação de pessoas nos estabelecimentos”, conforme nota da Secretaria de Segurança.

 



MaisPB