Polícia da Paraíba é a mais bem avaliada do país, segundo pesquisa do Ministério da Justiça

Polícia da Paraíba é a mais bem avaliada do país, segundo pesquisa do Ministério da Justiça

As polícias Militar e Civil da Paraíba são as que mais deixaram satisfeitos os cidadãos que entraram em contato com ambas as corporações no último ano. Os números são da Pesquisa Nacional de Vitimização do Ministério da Justiça e mostram o Estado no topo da lista, com 65,6%, índice mais alto do Brasil.

Ainda de acordo com o estudo, em João Pessoa o índice de satisfação com as forças de segurança apresentou 81% de aprovação, o que credencia a Paraíba com melhor desempenho quando também comparamos as capitais do país.

A pesquisa, lançada na última semana, também teve destaque na imprensa nacional, através de publicações na revista Exame e Jornal Estado de São Paulo, que apresentaram os números referendando a Paraíba - entre todas as federações brasileiras – onde a população avaliou com alto índice de satisfação o trabalho desempenhando pelos policiais civis e militares.

No índice de aprovação a Paraíba ficou à frente dos Estados do Rio Grande do Sul (2º), Rio de Janeiro (3º), Espírito Santo (5º), Distrito Federal (6º), Minas Gerais (8º), bem como dos Estados vizinhos de Pernambuco (4º) e Rio Grande do Norte (10º).

De acordo com o Ministério da Justiça foram entrevistados 78 mil pessoas em 346 municípios, no período de junho de 2010 a maio de 2011 e junho de 2012 a outubro de 2012.

Veja a tabela abaixo por estado:

 

Estado

Satisfação com trabalho das polícias na CAPITAL (%)

Satisfação com trabalho das polícias no ESTADO (%)

Quão a polícia é mais bem avaliada na capital? (em pontos percentuais)

Paraíba

81

65,6

15,4

Rio Grande do Sul

55

64,5

-9,5

Rio de Janeiro

69,4

58,5

10,9

Pernambuco

62,4

58,3

4,1

Espírito Santo

51,5

58,1

-6,6

Distrito Federal

57

57

0

Bahia

61,4

56,5

4,9

Minas Gerais

62,3

56,1

6,2

São Paulo

59

55,6

3,4

10º

Rio Grande do Norte

65,6

55,1

10,5

11º

Mato Grosso do Sul

54,1

55

-0,9

12º

Santa Catarina

58,9

54,6

4,3

13º

Paraná

47,7

53,5

-5,8

14º

Ceará

45,1

49,9

-4,8

15º

Acre

50,7

49,3

1,4

16º

Rondônia

40,4

49

-8,6

17º

Goiás

50,7

48,7

2

18º

Maranhão

50,7

48,3

2,4

19º

Sergipe

54,5

47,8

6,7

20º

Mato Grosso

50,8

47,5

3,3

21º

Amapá

46,9

47,1

-0,2

22º

Amazonas

49,1

46,7

2,4

23º

Pará

51,1

44,5

6,6

24º

Alagoas

38,6

43,5

-4,9

25º

Tocantins

48

41,9

6,1

26º

Roraima

41,4

41,4

0

27º

Piauí

40,4

37,2

3,2