Polícia Civil diz ter esclarecido assassinato de sargento em Ibiara (PB)

Polícia Civil diz ter esclarecido assassinato de sargento em Ibiara (PB)
A Polícia Civil de Conceição disse, nesta quarta-feira (18), que o assassinato do sargento da Polícia Militar, Pedro Marques da Silva Neto, conhecido como Da Silva, de 49 anos, foi esclarecido. 
 
Da Silva foi executado a tiros, na manhã da última terça-feira (17), em sua propriedade, localizada às margens da PB-386, trecho que corta o sítio Malhada, município de Ibiara,
 
O delegado plantonista José Pereira autuou dois homens, que foram recolhidos à cadeia de Conceição, por suposto envolvimento no caso da morte. 
 
 

 

Conforme o delegado, outros cinco suspeitos de executarem o homicídio, inclusive, Francisco Pereira de Lacerda, conhecido como Diá, que seria a figura central do caso, estão foragidos. Os acusados presos foram autuados em flagrante por supostamente colaborar na fuga dos executores.
 
Segundo José Pereira, os dois autuados são Francisco Pereira Lopes, conhecido como Ronildo, morador da cidade de Ibiara, e Antônio Evanildo Bezerra, de 38 anos, que reside em Conceição. “Pelas evidências, eles não participaram da execução do sargento, mas tudo indica que tenham colaborado na fuga dos autores materiais do crime”, comentou o delegado.
 
Os acusados, no entanto, negam qualquer envolvimento no fato, e vão requerer à Justiça, através dos seus advogados, liberdade provisória.
 
O corpo do sargento foi sepultado no final da tarde desta quarta-feira, 18, em Ibiara, onde ele residia com a esposa e um casal de filhos. Dezenas de policiais militares e populares acompanharem o enterro.
 
 
Do MaisPB