Polícia apreende mais de duas toneladas de drogas em 2014 na Paraíba

Polícia apreende mais de duas toneladas de drogas em 2014 na Paraíba

A repressão qualificada ao tráfico de drogas executada pela Polícia Civil da Paraíba resultou em 2.276 quilos de drogas apreendidas em 2014 somente pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) da Capital. Segundo relatório de atividades da delegacia, no ano foram apreendidos 2,19 toneladas de maconha, 64 quilos de crack e 22 quilos de cocaína em ações que aconteceram em João Pessoa e também na região dos litorais Sul e Norte, que integra a 1ª Região Integrada de Segurança Pública (Reisp).

Ainda de acordo com o balanço, as apreensões de entorpecentes realizadas pela DRE aumentaram ano a ano desde 2011. Foram 118 quilos de drogas nesse ano, seguidos de 303 quilos em 2012, 384 quilos no ano seguinte, chegando aos mais de dois mil quilos entre maconha, cocaína e crack de janeiro a dezembro de 2014. Nos quatro anos de trabalho, mais de três toneladas de drogas ilícitas foram retiradas de circulação pela delegacia especializada.

O delegado titular da DRE, Allan Terruel, revela que hoje a delegacia monitora e acompanha todas as informações referentes ao tráfico em toda sua região de atuação. “Dominamos essas ações em nível de conhecimento e em quatro anos indiciamos 670 traficantes, descapitalizando o comércio de drogas por meio de ações executadas por equipes fortes, comprometidas e que têm funções específicas que incluem operação, inteligência, cartório, entre outras”, afirma. Fazem parte da delegacia especializada 22 policiais, entre delegados, agentes de investigação, escrivães e técnicos em perícia.

Terruel lembrou que no ano passado, os destaques foram as apreensões de drogas realizadas na comunidade Paulo Afonso, bairro de Jaguaribe, em João Pessoa; a apreensão de 1,580 tonelada de maconha no Litoral Norte, quando dois traficantes foram presos e um veículo apreendido; e ainda a prisão de Samuel Mariano da Silva, 35, conhecido como ‘Samuca’, acusado de liderar uma quadrilha no Litoral Sul, durante uma operação iniciada no fim de dezembro e encerrada em janeiro deste ano.

 
 
 
 
 
 

Secom PB