PMDB se solidariza com Zé Maranhão e cobra segurança para pleito em Araruna

PMDB se solidariza com Zé Maranhão e cobra segurança para pleito em Araruna

Em nota, o PMDB paraibano se solidarizou com o senador José Maranhão que foi hostilizado na noite da sexta-feira (30), na cidade de Araruna, no Curimataú paraibano.

O partido lamenta o ocorrido, quando senador foi impedido de pousar seu avião particular e classifica as agressões como ato “covarde” e antidemocrático.

O PMDB ainda chama a atenção dos órgãos de segurança no sentido de manter a ordem e a liberdade individual do cidadão.

Confira a nota 

O PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro), partido que sempre se pautou pelas liberdades democráticas, vem externar seu mais vivo repúdio às covardes agressões desfechadas contra o senador José Maranhão e demais lideranças do partido, nas últimas horas, em Araruna, estabelecendo um clima de terrorismo que em nada se coaduna com o espírito de equilíbrio e maturidade que deve pautar o processo eleitoral.

Ao mesmo tempo em que lamenta o clima de violência crescente no Estado, o PMDB conclama as autoridades constituídas para que exerçam seu papel institucional no sentido de manter a ordem e assegurar as liberdades individuais a todos os cidadãos, e oferecer segurança para que todos possam desempenhar seu papel constitucional na democracia que pressupõe eleições livres e sem pressões de qualquer ordem.

Por fim, o PMDB se solidariza com o senador José Maranhão e demais integrantes do partido vítimas da brutalidade da parte de quem ainda não compreendeu que a mais bela lição da democracia é a convivência dos contrários. É na convivência dos contrários que se constrói uma nação livre e plural.

 

 

João Pessoa, 01 de outubro de 2016.

PMDB – O Partido do Brasil!

MaisPB