‘PMDB se acostumou a ter PT como partido auxiliar’, reclama Cartaxo, reafirmando vôo solo

‘PMDB se acostumou a ter PT como partido auxiliar’, reclama Cartaxo, reafirmando vôo solo

O prefeito Luciano Cartaxo (PT) analisou o que considerou críticas do PMDB por um mal costume dos peemedebistas. “O PMDB se acostumou há muito tempo a ter o PT como um partido auxiliar. Hoje o partido cresceu, é grande, tem autonomia, tem vocação para governar a cidade, o partido tem projeto para governador a cidade e o PMDB ainda não se acostumou com isso”, desabafou.

A declaração foi motiva depois que o candidato a vice-governador pelo PMDB, Roberto Paulino, criticou o que considerou falta de empenho petista na campanha a reeleição de Dilma Rousseff (PT).

“O PMDB não sabe nem o que está acontecendo na campanha do PT. O PT tem total interesse (na eleição de Dilma). A nossa prioridade é reeleger a presidente Dilma. Lucélio tem trabalhando muito, a candidata a vice-governadora, Lígia Feliciano, tem trabalhando muito”, frisou.

O prefeito lembrou que as pesquisas tem mostrado o crescimento de Dilma no estado, principalmente em João pessoa e que, além disso, as obras que estão sendo inaugurando na cidade têm o DNA do Governo Federal, o que seria uma forma de manter o governo petista, e a presidente, em pauta na cidade.

 


Paulo Dantas/Fernando Braz