PMDB indica Manoel Jr. para discursar na Câmara

PMDB indica Manoel Jr. para discursar na Câmara

O paraibano Manoel Junior (PMDB) foi um dos cinco deputados federais indicados pela bancada do PMDB para discursar na sessão da Câmara dos Deputados que discute o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). A sessão começou há cerca de 30 minutos e a expectativa é que Manoel Junior fale ainda na manhã desta sexta-feira (15).

A primeira sessão de análise da admissibilidade do processo de impeachment começou com a exposição, por 25 minutos, do jurista Miguel Reale Junior, um dos autores da denúncia contra a presidenta. Agora, o advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, faz a defesa de Dilma, também por 25 minutos. De acordo com o regimento da Casa, os tempos são improrrogáveis.

Depois das explanações da acusação e defesa, os deputados vão discutir e votar o relatório do deputado Jovair Arantes (PTB-GO), aprovado pela Comissão Especial, que sugere afastamento da presidente Dilma. Com 342 votos contra o governo, o processo segue para o Senado.

No seu discurso, Manoel Junior fará uma leitura geral e nacional da situação, abordando questões políticas e técnicas, a partir da análise das peças jurídicas.

A denúncia, realizada pelos juristas Hélio Bicudo, Miguel Reale Junior e pela advogada Janaína Paschoal, trata dos decretos orçamentários e das chamadas ‘pedaladas fiscais’ realizadas pela presidente. A votação para decidir se o processo de afastamento segue em frente ou é arquivado está prevista para acontecer no domingo, 17.

 

 

 

 

Cristiano Teixeira – MaisPB