PMDB estuda aliança com socialistas no 1º turno; Olenka quer permanência de JM na presidência

PMDB estuda aliança com socialistas no 1º turno; Olenka quer permanência de JM na presidência

O PMDB, como se sabe, se prepara para reconduzir o senador José Maranhão à presidente estadual do partido na convenção prevista para o final do mês. Apesar do clima de disputa, a deputada Olenka Maranhão, entrevista a TV Arapuan nesta quarta-feira (7), avalia que haverá um consenso em torno da permanência de JM à frente do comando da legenda na Paraíba. Na opinião dela, não existem motivos para mudanças e que a sigla terá candidatura a prefeito onde for “possível”, resguardando a aliança com o PSB do governador Ricardo Coutinho.

“Em primeiro lugar, Maranhão tem legitimidade e referência para permanecer à frente do PMDB, além de ser o nome capaz de unir as correntes do partido. Eu vejo que não haverá disputa, até porque há praticamente uma decisão consensual em torno da definição neste sentido. Ou seja, em time que está ganhando não se mexe”, observou.

Sobre as candidaturas nas eleições do próximo ano, Olenka sustentou que PMDB e PSB devem caminhar juntos, no mesmo palanque. “Nos municípios em que for ‘possível’ a aliança nós estaremos unidos, pois somos aliados e minha posição é claro e confortável”. Porém, não deixou claro se a sigla terá candidatura própria nas eleições de João Pessoa e Campina Grande. “Onde for ‘possível’ estaremos unidos”, reiterou.

Olenka adiantou, ainda, pertencer a base governista na Assembleia Legislativa e disse que “minha posição é clara e confortável, até porque sigo a orientação do meu partido e integro a base de um governo bem avaliado, não apenas em João Pessoa, mas em toda a Paraíba”, frisou ao lembrar o resultado da recente pesquisa veiculada pelo Sistema Arapuan na sondagem feita pelo Instituto Opinião.

“Por isso”, prossegue ela, “é muito cômodo para eu estar nesta condição e entende que a nossa aliança com o PSB será importante nas eleições do próximo ano”. Sem querer fazer mistério, Olenka acrescentou: “Eu defendo a aliança com o PSB e existe uma tendência muito forte que venha ocorrer”.

- Inclusive em João Pessoa? Perguntou o repórter.

Olenka assim respondeu: “Dentro do ‘possível’, mas entendo uma tendência também aqui em João Pessoa”, concluiu. 

 

 


Marcone Ferreira