Piancó nao tem deputado na Paraiba, mas tem no Paraná

Piancó nao tem deputado na Paraiba, mas tem no Paraná

A família e os militantes políticos estão comemorando a vitória para deputado estadual, com mais de 50 mil votos, de Francisco Lacerda Brasileiro, mais conhecido por Chico Brasileiro. Ele foi eleito em Foz do Iguaçu (PR) onde tem história de luta política reconhecida. Francisco Brasileiro é irmão de José Lacerda Brasileiro e Vilson Lacerda Brasileiro que residem em Patos.

Conheça um pouco da história de Chico Brasileiro:

Francisco Lacerda Brasileiro, conhecido politicamente como Chico Brasileiro, nasceu em Piancó (PB), veio para Patos em 1974, quando ainda criança. Estudou no Colégio Diocesano de Patos, atualmente Escola Estadual Monsenhor Manuel Vieira (CEPA), na Escola Estadual PREMEM, depois no Colégio e Curso dinâmico, atualmente GEO PATOS. Foi aprovado no através de vestibular para o curso de odontologia pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Campina Grande.

Chico Brasileiro morou no Conjunto Noé Trajano e depois na Rua Panati, Bairro Belo Horizonte, em Patos.

Na UEPB teve papel de destaque como presidente do Diretório Central dos Estudantes (DCE). Participou ativamente da vida política estudantil sendo um dos principais articuladores para o crescimento da universidade. Ao se formar foi embora para o Paraná buscando melhorias de vida.

Como dentista passou pelas cidades de Paranavaí, Curitiba e fixou residência em Foz do Iguaçu onde também atuou na política local em partido. Ele foi vereador por dois mandatos, exerceu cargo como secretário de saúde de Foz do Iguaçu onde também foi vice-prefeito por quatro anos, chegando a assumir a prefeitura da cidade interinamente.

Francisco Brasileiro disputou eleição em Foz do Iguaçu para prefeito, mas foi derrotado com uma diferença de aproximadamente dois mil votos e um universo de quase 130 mil votos. Agora ele foi eleito deputado estadual pelo PSD com 50.930 votos, sendo 44.750 votos somente em Foz do Iguaçu. A principal bandeira de luta é a melhoria da saúde pública e da educação da população.

Fonte: Jozivan Antero