PF prende agente penitenciário suspeito de explodir bancos na PB

PF prende agente penitenciário suspeito de explodir bancos na PB

A Polícia Federal prendeu, nessa quarta-feira (21), na cidade de Patos, no sertão paraibano, uma quadrilha suspeita de participar de explosões em caixas eletrônicos nos estados da Paraíba e Ceará.

As investigações sobre o grupo vinham acontecendo já há algum tempo e na tarde de ontem a polícia fez um cerco nas principais saídas da cidade na tentativa de impedir mais uma ação da quadrilha.

De acordo com informações, dois veículos foram perseguidos, um deles capturado pela polícia. Já os suspeitos que estavam no outro veículo fugiram, abandonando o carro em seguida.

Na ação, cinco homens foram presos, um deles, identificado como Leonardo Almeida Cruz é agente penitenciário do presídio padrão de Campina Grande.

Com o grupo, a polícia encontrou dois coletes à prova de bala, seis rádios comunicadores, três armas de fogo e muita munição.

Segundo a polícia, o bando é suspeito de arrombar bancos, assaltos a agência dos Correios e estaria indo com destino ao estado do Ceará praticar outros delitos.

Os homens e o material apreendido foram encaminhados para delegacia da Polícia Federal da cidade de Patos.

 

 

Isaac Pinto – MaisPB