Petrobras quer novo aumento nos combustíveis

Petrobras quer novo aumento nos combustíveis

Com uma dívida total de R$ 506,6 bilhões e reduzindo seus investimentos, a Petrobras tem pressionado o governo federal por um novo reajuste dos combustíveis, informa o jornal O Globo.

Embora os preços do petróleo estejam em baixa desde o segundo semestre do ano passado, essa seria uma forma de ajudar a estatal a reequilibrar suas finanças, que foram abaladas, entre outros fatores, pelo escândalo da Operação Lava-Jato.

A ideia não tem, por enquanto, o aval da equipe econômica. Um dos motivos é que um novo aumento dos combustíveis teria impacto na inflação, que este ano deve fechar em dois dígitos – 10,33%, segundo a última estimativa do Banco Central.

Em setembro, a Petrobras reajustou os preços de venda da gasolina em 6% e do diesel em 4% nas refinarias.

 

 

 

O Globo