Pesquisa interna: Coordenador afirma que Campanha de RC está crescendo e acredita em virada

Pesquisa interna: Coordenador afirma que Campanha de RC está crescendo e acredita em virada

O coordenador geral de Comunicação da campanha  de Ricardo Coutinho (PSB)  ao Governo do Estado, Célio Alves,  disse em entrevista na tarde desta segunda-feira (8),  que  a campanha do socialista vem crescendo a cada dia na Paraíba.

Célio Alves afirmou que durante as visitas do governador pelo interior do Estado a percepção que se tem é que a população está realmente enxergando quem está com a verdade, quem realmente trabalhou e quer continuar trabalhando pela Paraíba e que as pessoas estão cansadas de muita conversa e pouco trabalho.

“ Os debates e o Guia Eleitoral também são dois termômetros importantes de avaliação que estão ajudando o eleitor a decidir pelo que é melhor para a Paraíba e quem tem compromisso com crescimento Estado e com o bem estar do seu povo.

O coordenador garantiu que o partido tem pesquisas internas que comprovam a cada dia o crescimento do governador e acredita numa virada ainda no primeiro turno. “ Esse crescimento é visível e a cada dia o povo está percebendo a diferença entre os candidatos e vendo qual deles está realmente preocupado com os destinos da Paraíba e do seu povo”, destacou Célio Alves.

A última pesquisa eleitoral divulgada na Paraíba coloca o candidato opositor com uma vantagem de 14% para Ricardo Coutinho. Entretanto a equipe de campanha não se abala com os resultados de qualquer pesquisa, inclusive contestam.

Surpresa - O secretário de Comunicação do Governo de Ricardo, Luís Tôrres, declarou para o Portal Paraíba que os eleitores irão se surpreender. “Os paraibanos estão descobrindo que o passado já passou e querem continuar mirando o futuro. Prepare-se para a maior surpresa de sua vida”, colocou.

O coordenador de Jornalismo da Campanha de RC, Fábio Bernardo ainda lembrou que Ricardo Coutinho sempre foi desfavorecido por pequisas. “Em 2010, no dia 30 de agosto, o Ibope divulgou que José Maranhão tinha uma vantagem de 23% sobre Ricardo, mas Ricardo foi para o 2º turno na frente de Maranhão”, finaliza.

 

 


Paulo Cosme\Pedro Callado