Pesquisa diz que é melhor ser gordo e ex-fumante do que magro e fumante

Pesquisa diz que é melhor ser gordo e ex-fumante do que magro e fumante

Sabe aquele velho hábito — comum entre modelos e o povo da moda — de fumar um cigarro para espantar a fome? Não vale a pena. Mesmo. Pesquisa divulgada esta semana pela Tobacco Control concluiu que é melhor para a saúde ser um ex-fumante gordo que um fumante magro. O estudo avaliou cerca de 50 mil pessoas em dez países. “É um mito que cai. Fumar não se justifica sob nenhum argumento, muito menos a suposta magreza”, diz Analice Gigliotti, psiquiatra e diretora do Espaço Clif, em Botafogo.

 


O globo