Pesquisa da PBTur mostra que hotéis paraibanos tiveram ocupação média de 73,03% em julho

Pesquisa da PBTur mostra que hotéis paraibanos tiveram ocupação média de 73,03% em julho

A Taxa de Ocupação de Unidades Habitacionais da Rede Hoteleira em João Pessoa registrou uma média de ocupação da ordem 73,03% no mês de julho, o que representa um aumento de 5,53 p.p. (pontos percentuais) na comparação com julho de 2014. No acumulado dos últimos doze meses, a média da taxa foi 72,31%, um aumento de 4,02 p.p. contra o mesmo período anterior. A região metropolitana da capital detém o maior número de hotéis e pousadas do Estado.

Os dados constam de pesquisa realizada pela Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), por intermédio do Setor de Estatística, e que foram divulgados nesta sexta-feira (21). De acordo com o levantamento, o Fluxo Global Estimado para a capital paraibana registrou um total de  111.120  hóspedes, um aumento de 16,66% na comparação com o mesmo período de 2014. Em todo o estado foram registrados 156.902 hóspedes, um crescimento da ordem de 16,67%.

A presidente da PBTur, Ruth Avelino, avaliou como excelentes os números apresentados pela pesquisa mensal. Ela explicou que julho é um mês de férias escolares e as famílias do Sul e Sudeste do país sempre optam por passar suas férias na região Nordeste. A executiva paraibana também destacou o momento econômico vivido pelo país. “Só temos que ficar satisfeitos, pois sempre há uma expectativa no setor quando se tem uma crise econômica, quando as pessoas buscam reduzir custos”, disse.

Origem do Fluxo – A região Nordeste foi quem mais contribuiu com a emissão de turistas para o ‘Destino Paraíba’  com 39,29% de incidência. Em seguida vem o Sudeste com 38,55%; o  Centro-Oeste com 10,92%; Sul com 9,69%; e a  região Norte com 1,55%. Os principais estados emissores do Fluxo foram São Paulo (21,27%) de incidência, Pernambuco (15,01%), Rio Grande do Norte (9,18%), Rio de Janeiro (8,89%) e Minas Gerais (8,01%). Na comparação em números absolutos frente ao mesmo período anterior, São Paulo teve um crescimento de 27,03% e Pernambuco decresceu 9,67%.

Os principais países emissores foram Itália (24,60%) de incidência, Estados Unidos da América (14,42%), Alemanha (11,38%), Argentina (9,32%) e Portugal (6,84%). No Top10 dos países emissores entraram  Espanha e Suíça e saíram China e Iran.

Aeroporto - Em julho, o movimento geral de passageiros (embarques + desembarques) no aeroporto Castro Pinto foi de 130.194 passageiros,  o que representou uma expansão de 16,40% frente ao mesmo mês de 2014. No acumulado do ano, o total de passageiros chegou aos 877.223, um crescimento de 20,24%.

 

 

 

Secom-PB