Pesquisa britânica promete pôr fim às tão temidas brocas dos dentistas

Pesquisa britânica promete pôr fim às tão temidas brocas dos dentistas

As brocas são aqueles instrumentos compridos e metálicos, com o barulho de motorzinho, que todo dentista usa para fazer diferentes tratamentos dentários, como obturação, limpeza e tratamento de canal. “Quase tudo que precisamos fazer na odontologia precisa de algum tipo de broca. Posso dizer que elas são quase a extensão do corpo do dentista”, diz Renata Lira, cirurgião-dentista.

Porém, para os cientistas da King’s College London, na Inglaterra, elas podem estar com os dias contados. Segundo eles, a eletricidade pode ser usada para fortalecer um dente “empurrando” minerais para dentro da camada do esmalte dentário. Isso se faz necessário porque, no dia-a-dia, o ácido, produzido pelas bactérias que processam o alimento na boca, facilita a perda desses minerais, o que pode causar a cárie.

Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores aplicaram um coquetel de minerais (cálcio e fosfato) na cavidade bucal e depois usaram uma corrente elétrica fraca para direcionar esses minerais para dentro do dente. Segundo os pesquisadores, a “Remineralização Eletricamente Acelerada e Aumentada” (nome em português desse procedimento) é capaz de fortalecer o dente, sem que seja necessária a utilização de brocas.


Terra