Pesquisa Brasileira de Mídia 2015 revela que 37% usam internet diariamente, contra 7% que leem jornal

Pesquisa Brasileira de Mídia 2015 revela que 37% usam internet diariamente, contra 7% que leem jornal

A "Pesquisa Brasileira de Mídia 2015" (PBM 2015), encomendada pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom), aponta que de cada 100 pessoas, 37 utilizam a internet todos os dias, contra apenas 7 que leem jornais diariamente. O estudo mostra também que quase a metade dos brasileiros, 48%, usa internet, enquanto apenas 21% dos brasileiros leem jornais ao menos uma vez por semana. Além disso, a PBM 2015 mostra que o brasileiro já gasta cinco horas do seu dia conectado à internet e que o percentual de pessoas que utilizam a internet todos os dias cresceu de 26% na PBM 2014 para 37% na PBM 2015.


A pesquisa foi encomendada pela Secom ao Ibope para compreender como o brasileiro se informa. O Ibope ouviu mais de 18 mil entrevistados.


Conforme a PBM 2015, a televisão segue como meio de comunicação predominante. De acordo com a pesquisa, 95% dos entrevistados afirmaram ver TV, sendo que 73% têm o hábito de assistir diariamente.


O rádio continua o segundo meio de comunicação mais utilizado pelos brasileiros, mas seu uso caiu na comparação entre a PBM 2014 para a PBM 2015 (de 61% para 55%). Em compensação, aumentou a quantidade de entrevistados que dizem ouvir rádio todos os dias, de 21% em 2014 para 30% em 2015.


Já o hábito de uso da internet se intensificou, segundo esta nova pesquisa, comparado ao resultado obtido na PBM 2014. Os usuários das novas mídias ficam conectados, em média, 4h59 por dia durante a semana e 4h24 nos finais de semana - na PBM 2014, os números eram 3h39 e 3h43 -, valores superiores aos obtidos pela televisão.


Em média, os brasileiros passam 4h31 por dia expostos ao televisor, de segunda a sexta-feira, e 4h14 nos finais de semana.

Mais do que as diferenças regionais, são a escolaridade e a idade dos entrevistados os fatores que impulsionam a frequência e a intensidade do uso da internet no Brasil. Entre os usuários com ensino superior, 72% acessam a internet todos os dias, com uma intensidade média diária de 5h41, de segunda a sexta-feira. Entre as pessoas com até a 4ª série, os números caem para 5% e 3h22. 65% dos jovens na faixa de 16 a 25 se conectam todos os dias, em média 5h51 durante a semana, contra 4% e 2h53 dos usuários com 65 anos ou mais.


O uso de aparelhos celulares como forma de acesso à internet já compete com o uso por meio de computadores ou notebooks, 66% e 71%, respectivamente. O uso de redes sociais influencia esse resultado. Entre os internautas, 92% estão conectados por meio de redes sociais, sendo as mais utilizadas o Facebook (83%), o Whatsapp (58%) e o Youtube (17%).

Televisão
O tempo de exposição à televisão sofre influência do gênero, da idade e da escolaridade. O televisor fica mais tempo ligado na casa das pessoas com até a 4ª série (4h47) do que no lar das pessoas com ensino superior (3h59). De segunda a sexta-feira, as mulheres (4h48) passam mais horas em frente à TV do que os homens (4h12). Os brasileiros de 16 a 25 anos (4h19) assistem cerca de uma hora a menos de televisão por dia da semana do que os mais velhos, acima dos 65 anos (5h16).

Jornais
Permaneceu estável, entre os dois levantamentos da PBM, o percentual de brasileiros que leem jornais ao menos uma vez por semana: 21%. Apenas 7% leem diariamente, sendo a segunda-feira o dia da semana mais mencionado pelos leitores (48%), e o sábado o menos mencionado (35%). Dentre esses leitores dos jornais, 15% com ensino superior e renda acima de cinco salários mínimos (R$ 3.620 ou mais) leem jornal todos os dias. Entre os leitores com até a 4ª série e renda menor que um salário mínimo (R$ 740), os números são 4% e 3%.


O uso de plataformas digitais de leitura de jornais ainda é baixo: 79% dos leitores afirmam fazê-lo mais na versão impressa, e 10% em versões digitais. Piauí, Ceará e Paraná são os estados com maior adesão às versões on-line dos periódicos, respectivamente, 39%, 25% e 22%. Amapá, Amazonas e Rio Grande do Sul, os estados com menor adesão, respectivamente, 2%, 3% e 3%.

Revistas
Encontrou-se um cenário semelhante ao dos jornais em relação às revistas: 13% dos brasileiros leem revistas durante a semana, número que cresce com o aumento da escolaridade e da renda dos entrevistados. As versões impressas (70%) são mais lidas do que as versões digitais (12%). Maranhão, Piauí e Ceará são os estados com maior adesão às versões on-line, respectivamente, 29%, 22% e 21%. Acre, Roraima e Paraíba, os estados com menor adesão, respectivamente, 0%, 3% e 3%.

CONFIRA OS NÚMEROS

 

95% veem TV

sendo que 73% têm o hábito de assistir diariamente

 

 55% escutam rádio

30% ouvem rádio todos os dias

 

48% usam internet

37% usam internet diariamente

 

21% leem jornais ao menos uma vez por semana

7% leem jornais diariamente

 

13% leem revistas

 

 

 

 

 

Aline Lins