Pepe Vargas sai da Secretaria de Relações Institucionais, e Temer fará articulação

Pepe Vargas sai da Secretaria de Relações Institucionais, e Temer fará articulação

A presidente Dilma Rousseff conversou na tarde desta terça-feira com o ministro Pepe Vargas e confirmou que irá tirá-lo da Secretaria de Relações Institucionais (SRI) para entregar o cargo a um peemedebista. O vice-presidente Michel Temer exercerá as funções de articulação política com o Congresso que hoje estão na alçada da SRI, mas sem o cargo de ministro.

Na conversa, a presidente informou que a troca para o PMDB era necessária para reorganizar a coordenação política do seu governo e disse "sentir muito" o vazamento da informação antes de qualquer conversa entre os dois.

Apesar da demissão, Dilma afirmou ao ministro que confia nele e que em breve eles devem voltar a conversar para definir se ele seguirá no governo em outra área ou se voltará para a Câmara dos Deputados.

Pepe ficou incomodado com a atitude da presidente de ter convidado para o seu cargo o peemedebista Eliseu Padilha (Aviação Civil), sem que fosse avisado. Uma pessoa próxima ao ministro contou que, ontem à noite, depois de ter vazado a informação que Dilma havia conversado com Padilha, Pepe telefonou para Edinho Silva (Secom) perguntando se a informação procedia.

Padilha decidiu não aceitar o convite da presidente. A ideia de Dilma é dar mais espaço ao principal partido da base aliada, em meio a uma crise política, à necessidade de aprovação no Congresso de um pacote de ajuste fiscal, e a uma perda expressiva de popularidade do governo, acompanhada de forte fogo amigo de integrantes do PMDB.



 
 

O Globo