Pelo fim da cultura do estupro, mulheres protestam na Assembleia

Pelo fim da cultura do estupro, mulheres protestam na Assembleia

Um grupo de mulheres ocupou as galerias da Assembleia Legislativa, na manhã desta terça-feira (31) para protestar contra a cultura do estupro. O grupo expôs 24 calcinhas manchadas com tinta vermelha, em alusão a violência sofrida pelas mulheres. Cartazes também foram expostos para chamar a atenção dos parlamentares para a importância do combate à violência.

A deputada Estela Bezerra (PSB) propôs uma sessão especial para que os movimentos sociais apresentassem suas visões sobre o tema.

Na quarta-feira (1), movimentos feministas promovem uma manifestação pelo fim da violência contra as mulheres, nesta quarta-feira (dia 1º), a partir das 18h, no Busto de Tamandaré, na orla de João Pessoa. Intitulado de “Ato por todas Elas”, o evento visa protestar contra a cultura do estupro e chamar a atenção da sociedade para os constantes casos ocorridos no Brasil e na Paraíba.

WhatsApp-Image-20160531 (2)WhatsApp-Image-20160531 (5)

 

 

 

 

 

MaisPB