Pedro Cunha Lima tira licença sem remuneração; Marcondes Gadelha assume

Pedro Cunha Lima tira licença sem remuneração; Marcondes Gadelha assume

O deputado federal, Pedro Cunha Lima (PSDB), vai se licenciar do mandato parlamentar nesta terça-feira (1) para concluir o mestrado em Direito Constitucional pela Universidade de Coimbra, em Portugal. Durante seu afastamento por um período de quatro meses, o ex-deputado Marcondes Gadelha (PSC) assume a vaga. A licença será sem remuneração, ou seja, sem nenhum ônus para a Câmara dos Deputados.
 
O deputado Pedro Cunha Lima estava apenas aguardando a definição da sua orientadora, a professora doutora Suzana Tavares. "Vou tirar essa licença sem vencimento para que eu conclua o curso e me qualifique melhor. Essa qualificação vai trazer benefícios também para nossa atuação na Câmara", destacou.
 
Pedro disse que se afasta para mestrado de forma tranquila na certeza de que o deputado Marcondes Gadelha conduzirá o mandato de forma brilhante, trabalhando pelos paraibanos e pelos interesses da nossa Paraíba. "O deputado Marcondes Gadelha com todo o seu talento e experiência irá representar à altura a Paraíba. Sua capacidade é inquestionável", afirmou.
 
"Já tive com Marcondes para passar o que vem sendo trabalhado para que ele possa dar sequência, sobretudo, na temática seca, já que ele foi o primeiro parlamentar a levar essa bandeira à Brasília", destacou.
 
Pedro deu início ao mestrado em 2013 em Ciências Jurídico-Políticas com menção em Direito Constitucional. Seu objetivo é se qualificar e atender as exigências do povo paraibano que a cada dia estão mais altas. "E, no meu retorno, estarei com uma formação mais capacitada e com a aptidão de atender as exigências que a população tem para com todo político", disse.

 

 

 

Click PB