PB tem 71 casos de pedofilia em 2014 e JP entra nos debates sobre exploração infantil

PB tem 71 casos de pedofilia em 2014 e JP entra nos debates sobre exploração infantil

A capital paraibana está entre as cidades participantes do segundo ciclo de debates sobre a prevenção e combate a exploração sexual de crianças e adolescentes promovido pelo Ministério do Turismo. O evento chega a João Pessoa no dia 17 de outubro e tem como objetivo sensibilizar professores, gestores públicos, líderes comunitários, profissionais ligados ao turismo e demais entidades a respeito desse tipo de violência.

Os encontros começam dia 5 de setembro em Aracaju. Além das capitais do Sergipe e da Paraíba, as mesas de discussão passarão ainda por Florianópolis (SC), Teresina (PI), São Luís (MA), Maceió (AL), Vitória (ES), Brasília (DF), Goiânia (GO) e Belém (PA).

Nas palestras, que serão gratuitas, o coordenador-geral de Proteção à Infância do MTur, Adelino Neto, apresentará a campanha Proteja Brasil, que estimula a população a prevenir e denunciar possíveis violações de direitos de menores por meio do Disque 100. A campanha também está na internet, com um aplicativo distribuído gratuitamente pela Google Play ou App Store.

Entre janeiro a julho, o canal de denúncias Disque 100 registrou 12.471 casos de violência sexual. Cerca de 3.067 delas refere-se à exploração sexual de crianças e adolescentes. As meninas são as principais vítimas identificadas (46,43%), de acordo com a Secretaria de Direitos Humanos. Na Paraíba, foram registrados 71 casos. As denúncias são encaminhadas para o conselho tutelar, polícia civil ou militar. Centros de Apoio Operacional das Promotorias de Infância e Juventude avaliam e repassam para o acompanhamento das promotorias de infância.

 

Fonte: Portal Correio