PB é segundo Estado mais violento contra LGBTs; ‘faltam políticas públicas’, diz Renan Palmeira

PB é segundo Estado mais violento contra LGBTs; ‘faltam políticas públicas’, diz Renan Palmeira

O presidente do Movimento Espírito Lilás (MEL), Renan Palmeira, comentou nesta quarta-feira (12) os mais recentes índices que apontam a Paraíba como um dos estados mais violentos do Brasil contra a comunidade LGBT.

Os dados mostram que em 2013 ocorreram 21 homicídios com características homofóbicas e em 2014 o número caiu para 17. Já em 2015, até o presente momento, já foram 12 assassinatos contra LGBTs.

Palmeira apontou que faltam política públicas para amenizar a situação. “Isso é uma propagação da cultura de ódio contra os LGBTs. Falta uma lei específica para incriminar a homofobia. De forma imediata, precisa de mais segurança pública. Mas tambem é necessario avançar na perspectiva do judiciario. Poderiamos transformar essa realidade”, colocou.

 

 

 

 


Pedro Callado\Thaísa Aureliano