Paulo Maia descarta auditoria na OAB: “Recebi a Ordem em dia”

Paulo Maia descarta auditoria na OAB: “Recebi a Ordem em dia”

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), Paulo Maia, revelou, nesta segunda-feira (04), durante entrevista a uma emissora de rádio de João Pessoa, que não vê necessidade de realização de auditória na OAB-PB, pois recebeu a Ordem com as contas em dia.

Paulo Maia e os demais diretores da OAB-PB: Raoni Vita (vice-presidente), Assis Almeida (secretário geral), Rogério Cabral (secretário geral adjunto) e Tainá de Freitas (tesoureira), foram empossados na tarde da última sexta-feira (01).

“Encontrei a ordem em dia, sem débito e com dinheiro em caixa. Encontramos a folha e os pagamentos de fornecedores em dia. Não vejo necessidade de auditoria neste momento, encontramos as contas em ordem. Mas, se no decorrer do processo, da gestão, observarmos alguma irregularidade poderemos realizar. Isso é natural em qualquer administração”, comentou.

Reeleição

Eeleito para o triênio 2016/2018, Paulo Maia também ratificou que não irá disputar a reeleição em 2018. Segundo ele, o mecanismo nocivo a democracia, pois perpetua projeto de poder e não de governo.

Ele lembrou que o Estatuto da Advocacia prevê a reeleição, mas irá propor na primeira reunião do Conselho Estadual da OAB-PB “uma alteração regimental para acabar com o mecanismo”.

 

 

 

MaisPB