Paulino rompe com o governo após declarações de Ricardo contra Raniery

Paulino rompe com o governo após declarações de Ricardo contra Raniery

O ex-governador Roberto Paulino (PMDB), anunciou, na noite dessa segunda-feira (4), o rompimento político com o governador Ricardo Coutinho (PSB). O peemedebista não ‘engoliu’ as críticas feitas pelo socialista neste final de semana ao seu filho, o deputado Raniery Paulino (PMDB), durante agenda administrativa na cidade de Solânea, no Brejo Paraibano.

Indagado sobre o posicionamento de Raniery em relação ao seu governo, Ricardo disse que o deputado fica querendo fazer cena, chamando a atenção pra si. Segundo o governador, Raniery diz uma coisa e depois diz outra. “Ele faz uma pergunta e depois mesmo responde, então eu acho que ele está buscando se autovalorizar, o que é lamentável”, alfinetou Ricardo.

Ao tomar conhecimento das declarações, Roberto Paulino disse não aceitar os ataques de “zenobistas-girassóis” contra sua família. Ele lamentou que alguns assessores do governo estejam trabalhando para tentar reeleger o atual prefeito de Guarabira, e para tanto, usando os meios de comunicação para atingir seu filho. “Agora conseguiram o meu distanciamento do governador. Prefiro estar ao lado da minha família do que ceder aos caprichos dos “zenobistas-girassóis”, ávidos pela reeleição do atual prefeito de Guarabira”, garantiu.

Roberto Paulino esclareceu ainda que Raniery nunca procurou Ricardo para aderir ao governo na Assembleia. Ele disse que apesar da sondagem feita no final do ano passado, o parlamentar descartou o convite. “Vou para a oposição. Não tenho medo de seguir esse caminho, uma vez que em muitos embates políticos estive defendendo tal bandeira. É bom Ricardo saber que Raniery nunca quis ir para o Governo. Ele recebeu emissários, inclusive com propostas pouco republicanas, mas, sempre as refutou. O meu filho não procurou o Chefe do Executivo, nem está se valorizando”, ressaltou.

 

 

 

MaisPB