Pastor Estevam lamenta consumismo no Natal e afirma que fé é questão de teimosia

Pastor Estevam lamenta consumismo no Natal e afirma que fé é questão de teimosia
O pastor Estevam Fernandes, da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, lembrou a importância das relações pessoais na época do Natal e em toda a vida das pessoas.

Para ele, o Natal é a festa maior do cristianismo. “É o advento do nosso Senhor. Aquele que dividiu a história e dividiu a minha vida e a sua vida”, frisou o pastor.

Ele lamentou o consumismo das pessoas, que trocam o verdadeiro sentimento do Natal pelas compras e trocas de presentes.

“As pessoas só querem ter, possuir e usufruir de seus bens. Pessoas precisam amar. Quem conhece Deus não se permite isso. O consumismo, a cultura do ocidente, isso isola as pessoas. O que a gente vê é a necessidade de vter mais verdade, e isso só vai acontecer quando houver mais Deus dentro das pessoas”, disse.

Com o consumismo vem também a competitividade e a depressão. Para combater estes problemas, o pastor revelou que quer se tornar médico. “Quero passar meus próximos dez anos tratando de bipolaridade, depressão, ansiedade. Estes são os verdadeiros problemas do século XXI”, disse.

Para ele, neste mundo fragmentado em que vivemos, apenas a fé pode nos salvar. “O mundo hoje é pulverizado, diluído, fragmentado, que serve ao consumismo. Mas a religião insiste. A fé em Jesus é teimosia.  Temos que colocar Jesus onde ele não está. Nós conseguimos, hoje, comemorar o natal, mas fazemos isso com muita dor no coração”, concluiu.

 
 

João Thiago com Anderson Soares e Adelton Alves