Paraibanos se envolvem em novo bate-boca no Conselho de Ética

Paraibanos se envolvem em novo bate-boca no Conselho de Ética

O deputado federal paraibano, Wellington Roberto (PR), se envolveu em um bate-boca de parlamentares, na tarde desta quarta-feira (9), durante reunião do Conselho de Ética da Câmara, que decidirá pela continuidade ou não de ação contra o presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Além de Wellington Roberto, a confusão envolveu também os deputados Ivan Valente (PSOL-SP), Júlio Delgado (PSB-MG). O paraibano  chegou a ir em direção de Delgado e disparou: “Você não manda aqui, Júlio. Você não manda.  Respeite”, bradou.

Alguns dos parlamentares não concordaram  com chegada do deputado Paulo Azi (DEM-BA), que não estava presente no momento em que foi chamado pelo presidente José Carlos Araújo para votar.  O presidente do Conselho de Ética informou que estava verificando os suplentes por blocos que estavam votando, mas que Azi teria direito a voto

Durante a sessão, o deputado federal Manoel Júnior também se envolveu em outra  confusão.  A Mesa Diretora determinou o afastamento do relator do processo contra Cunha, deputado Fausto Pinato (PRB-SP).

O afastamento de Pinato foi pedido por  recurso do deputado paraibano Manoel Junior (PMDB), que questionou o fato de o partido de Pinato participar do mesmo bloco do PMDB, partido de Cunha, no Conselho de Ética.

Manoel Júnior   negou que,  com as ações, o  seu grupo esteja tentando “procrastinar” os trabalhos do Conselho de Ética em relação ao caso do processo de Eduardo Cunha.

 

 

MaisPB