Paraibano voa outra vez e Brasil leva a prata no revezamento 4x100m

Paraibano voa outra vez e Brasil leva a prata no revezamento 4x100m

Com a incrível recuperação do paraibano Petrucio Ferreira – ouro e recordista nos 100m rasos -, terceiro da equipe, o Brasil iria faturar o bronze no revezamento 4x100m, na classe T42/47, mas o time dos Estados Unidos realizou a passagem entre os atletas fora da zona permitida e foi punido.

A irregularidade dos norte-americanos garantiu para o Brasil a segunda colocação. O bronze ficou com o Japão. A equipe dos Estados Unidos, no entanto, afirmou que irá recorrer da decisão.

A equipe formada por Renato Cruz, Yohansson Nascimento, Petrucio Ferreira, além de Fonteles, fez o tempo de 42s04, abaixo apenas dos alemães, que gravaram 40s82, o recorde paralímpico.

 

 

MaisPB