Paraíba tem segundo pior resultado do Brasil no volume de vendas do varejo em junho

Paraíba tem segundo pior resultado do Brasil no volume de vendas do varejo em junho

A Paraíba figurou entre os piores resultados para o volume de vendas no comércio varejista no mês de junho no país, de acordo com levantamento divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em comparação com o mesmo mês em 2014, em junho de 2015 na Paraíba as vendas no comércio tiveram queda de 9%, segundo pior resultado nacional. O estado conseguiu ficar na frente apenas do Amapá.

Já no varejo ampliado, que inclui as atividades de material de construção e veículos, houve queda de 13,3%, sendo que este volume de vendas foi o pior resultado no país entre estados.

Em compensação, comparando com o mês de maio, a Paraíba conseguiu crescer 2,6% em junho, melhor volume de vendas do varejo dentre os estados neste período.

Em âmbito nacional, a variação registrada na comparação entre junho de 2014 e 2015 houve queda de 2,7%. Já no resultado da comparação entre maio e junho, houve recuo de 0,4% no volume de vendas.

Os produtos que mais subiram do mês de maio para junho estão artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (0,3%) e Material de construção (5,5%).

Já dentre as maiores quedas nos produtos comercializados, comparando os meses de maio e junho, estão veículos e motos (partes e peças) com retração de 2,8%; equipamentos e material para escritório, informática e comunicação com queda de 1,5% e nos móveis e eletrodomésticos, que teve redução de 1,2% no preço.

 

 

 

Click PB