Paraíba tem segunda melhor geração de empregos no Brasil em 2014

Paraíba tem segunda melhor geração de empregos no Brasil em 2014

A Paraíba registrou um crescimento de 4,07% nos empregos formais sobre o estoque acumulado,em 2014. Este resultado representa a segunda maior variação relativa do país na geração em empregos no ano passado. Dados do Ministério de Trabalho e Emprego (MTE) mostram que o Estado gerou um saldo de 16.590 vagas em 2014 sobre o estoque acumulado de 407.226 postos até 2013 (alta de 4,07%). O índice ficou abaixo apenas do Tocantins, que apresentou crescimento de  4,40%.

Segundo a pesquisa do Ministério do Trabalho, o país teve variação média relativa de apenas 0,96% no ano passado. No ranking nacional, cinco dos dez melhores índices do país vieram da Região Nordeste. A Paraíba (4,07%) liderou o índice na Região logo seguido pelo Ceará (4,02%) e do Piauí, que ficou em terceiro lugar. (veja o quadro)

Já os Estados do Amapá (-1,91%); da Amazonas (-1,25%), de Pernambuco (-0,92%),  de Alagoas (-0,91%) e  da Rondônia (-0,63%)registraram variação negativa relativa sobre os estoque de empregos formais no ano de 2014, sendo dois deles do Nordeste.  

Para o secretário do Planejamento, Orçamento, Gestão e Finanças da Paraíba, Tárcio Pessoa, esse desempenho positivo é fruto dos investimentos sistemáticos que a gestão tem feito para proporcionar as condições ideais de geração de novos postos de emprego. “A Paraíba vem se destacando pelo crescimento industrial, somente nos quatro anos de gestão, atraímos cerca de 200 novas empresas, além da ascensão salarial em empresas já estabelecidas. Os indicadores econômicos mostram que estamos fazendo bem nosso trabalho”, salienta.

Embora 2015 seja reconhecidamente um ano de estagnação econômica, o secretário se mostra confiante em criar condições para que o crescimento continue acontecendo. “Estamos incrementando a infraestrutura do Estado, com o Caminhos da Paraíba, promovendo a interiorização com a extensão da rede de fibra ótica, inaugurando escolas técnicas estaduais e temos a perspectiva de entregar o Distrito Industrial de Caaporã”, elenca Tárcio Pessoa.

 

QUADRO

Dez maiores crescimentos de estoques de empregos do país

Estado           Taxa de variação relativa de 2014

Brasil                            0,96%

Tocantins                      4,40%

PARAÍBA                       4,07%        

Ceará                            4,02%

Roraima                        3,84%

Piauí                              3,76%

Sergipe                          2,98%

Santa Catarina              2,67%

Rio G. do Norte              2,30%

Pará                              2,20%

Goiás                             2,10%

 
 
 

Da Redação com Assessoria