Paraíba se prepara para evitar entrada do ebola, revela Secretaria de Saúde

Paraíba se prepara para evitar entrada do ebola, revela Secretaria de Saúde

A Secretaria de Estadual de Saúde se prepara para evitar que o mortal vírus ebola entre na Paraíba. É o que garante, Renata Nóbrega, gerente executiva em saúde o órgão estadual.

De acordo com Renata Nóbrega, o Ministério da Saúde, a possibilidade do vírus chegar a Paraíba é mínima, mas, mesmo assim, o Estado já tem um esquema de protocolo montado para o atendimento de possíveis casos suspeitos.

“O hospital de referência para casos suspeitos na Paraíba seja referenciado para o Hospital Clementino Fraga, desde que atenda a definição de casos suspeitos de ebola em individuo procedente nos últimos 21 dias de país onde com surto e que apresentem características da doença como febre e que possa ser acompanhada por início de emorragia, e diarréia sanguinolenta entre outros sinais”, disse.

Renata Nóbrega disse que uma reunião com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, Anvisa, foi acordado que o órgão federal avisará sobre qualquer pessoa que esteve nos países africanos com surto de ebola e que chegue ao estado pelos aeroportos e Porto de Cabedelo.

“A Anvisa já vai sinalizar para a gente se porventura chegar pessoas da África para que tenhamos informações e ficar monitorando, mesmo se estejam bem, continuam nesse período sem apresentar nenhum sintoma”, disse.


Roberto Targino - MaisPB