Paraíba pode ter Ministro e Edvaldo Rosas assumir mandato

Paraíba pode ter Ministro e Edvaldo Rosas assumir mandato
A Paraíba pode ter mais um cargo de destaque no Governo federal. O ministro do Trabalho, Manoel Dias, deve deixar o cargo e a bancada federal do PDT já teria indicado o deputado federal Damião Feliciano para substituí-lo. 
 
A mudança teria o aval do governador Ricardo Coutinho (PSB), um dos mais fiéis escudeiros da presidente Dilma Roussef no Nordeste. Com a licença de Damião para comandar o Ministério do Trabalho, o suplente de deputado federal Edvaldo Rosas, assumiria a titularidade do mandato, livrando o governador de mais um compromisso com correligionários e ampliando a bancada do PSB na Câmara dos Deputados.
 
O Ministério dos Transportes ficou com o PDT, no processo de distribuição de cargos instituído pela presidente Dilma Roussef pra contemplar os aliados de campanha. A bancada federal já encaminhou ao presidente do partido, Carlos Lupi, o pedido de substituição de Dias por Damião e, de acordo com fontes de Brasília, o dirigente estaria apenas aguardando uma conversa com Dilma para sacramentar a mudança. A presidente vem mantendo postura de atender aos pedidos dos aliados na ocupação dos cargos ministeriais.
 
A paraíba já ocupou o Ministério das Cidades do governo Dilma Roussef com o deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP). Se Damião Feliciano, esposo da vice-governadora Lígia Feliciano, for confirmado no cargo, será o segundo ministério comandado por um paraibano. 
 
 
(com Vanderlan Farias)