Paraíba não será problema para fusão PPS/PSB, diz Nonato Bandeira

Paraíba não será problema para fusão PPS/PSB, diz Nonato Bandeira

A rivalidade entre os líderes do Partido Popular Socialista (PPS) e Partido Socialista Brasileiro (PSB), na Paraíba, não será problema para a fusão entre as duas legendas. Foi o que declarou nesta quinta-feira (30), o presidente estadual do PPS, Nonato Bandeira.

De acordo com o vice-prefeito de João Pessoa, as disputas locais não podem ser motivo para inviabilizar o diálogo entre as siglas em âmbito nacional.

“A gente não pode colocar uma situação local e paroquial acima dos interesses nacionais. Não querer olhar só o nosso umbigo por problema localizado da Paraíba, João Pessoa e atrapalhar o entendimento que está sendo feito”, garantiu Nonato Bandeira.

Nonato Bandeira disse que é preciso ajudar a legenda no plano nacional em todos os estados.

“Temos também que dar a nossa contribuição e não ser obstáculo. Não pode atrapalhar o entendimento pois são duas legendas históricas da política brasileira: o PSB de 1947 e o PPS originado do PCB de 1922”, argumentou.

Para tratar do assunto, o dirigente partidário informou que, por sugestão do PPS nacional,  está convocando para a próxima semana uma reunião da executiva estadual  onde as lideranças da agremiação partidária serão ouvidas sobre a fusão.

“Nós vamos reunir a executiva para situar como estão as discussões e qual é a realidade do momento”, revelou.

Para Nonato Bandeira, as fusões entre siglas serão inevitáveis por causa da reforma política, principalmente com o fim das coligações na proporcional e as cláusulas de barreira.

“As legendas terão que se agrupar para poder sobreviver”, finalizou.

 

 

 

Roberto Targino – MaisPB