Parada LGBT de JP acontece neste sábado, espera 30 mil pessoas e traz DJs e Paula Bencini

Parada LGBT de JP acontece neste sábado, espera 30 mil pessoas e traz DJs e Paula Bencini

A 14ª edição da Parada da Cidadania LGBT de João Pessoa acontece neste sábado (25), a partir das 16h, com concentração em frente ao Sesc Cabo Branco. Depois, os participantes seguem em passeata até o Busto de Tamandaré, onde haverá shows musicais e performances de artistas. A organização espera 30 mil pessoas.

De acordo com o presidente do Movimento do Espírito Lilás (MEL), Renan Palmeira, o principal objetivo da ação é fazer um alerta à sociedade em relação ao respeito às diferenças. "O tema escolhido 'Respeito se aprende em casa e na escola', chama atenção da responsabilidade da educação no combate ao preconceito, como forma de produzimos uma cultura do respeito e da tolerância", afirmou, salientando a importância da participação social nesse processo.

Entre as principais atrações desse ano estão Jaina Elner e Banda, Brasis, DJ John Kennedy, DJ Kylt e DJ Marmaid e a paulista Paula Bencini. 

Na organização do evento estão Movimento Espírito Lilás (MEL), Grupo de Mulheres Lésbicas e Bissexuais Maria Quitéria (GMMQ), Movimento de Bissexuais (MOVIB) Associação de Travestis e Transexuais da Paraíba (ASTRAP). A XIV Parada pela Cidadania LGBT de João Pessoa ainda conta com apoio do Governo do Estado, Prefeitura de João Pessoa, Comissão da Diversidade Sexual e Direito Homoafetivo da OAB Paraíba entre outras entidades parceiras.

Homofobia

 De acordo com o Relatório Anual de Assassinatos de Homossexuais no Brasil relativos a 2014, produzido pelo Grupo Gay da Bahia, foram documentados 326 mortes de gays, travestis e lésbicas no Brasil, incluindo nove suicídios. Um assassinato a cada 27 horas, num aumento de 4,1 % em relação ao ano anterior (313). Esse número deve ser bem maior uma vez que nem todos os casos de assassinatos desse grupo social é notificado de forma correta pelas autoridades. 

 

 

 

Click PB