Para Raniery, Dilma cometeu crime de responsabilidade, mas não deveria ser afastada

Para Raniery, Dilma cometeu crime de responsabilidade, mas não deveria ser afastada

O deputado estadual Raniery Paulino (PMDB) afirmou nesta terça-feira (19), que está convencido de que a presidente Dilma Roussef (PT) cometeu crime de responsabilidade ao praticar as pedaladas fiscais.

No entanto, defende que o crime não deveria ter potencialidade para afastar a presidente da República. Ele argumeta que essa prática é comum dos chefes do Executivo, inclusive, do governador Ricardo Coutinho (PSB) e o Legislativo tem sido leniente.

“Será que essa decisão do Congresso servirá como uma medida pedagógica? Será que esse Parlamento vai, a partir de hoje, com os mesmos critérios o governador? A Câmara a partir da decisão cria um novo padrão de julgamento para crimes de responsabilidade”, ressaltou.

 

 

 

 

Blog do Anderson Soares