Para Planalto, denúncia contra Lula tira força de manifestações

Para Planalto, denúncia contra Lula tira força de manifestações

Avaliação feita no Palácio do Planalto é que a denúncia apresentada contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelos procuradores da Lava Jato em Curitiba deve tirar a força das manifestações contrárias ao governo Temer. Para auxiliares do presidente Michel Temer, Lula ficou fragilizado politicamente depois da denúncia.

Há forte desconforto no núcleo do governo com os protestos organizados pelo PT e movimentos sociais pelo “Fora Temer” e em defesa da ideia de que impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff foi um golpe parlamentar. “Ao invés de ir para o ataque, terá que reorganizar a defesa”, disse ao Blog um interlocutor de Temer.

O presidente foi informado durante à tarde da denúncia contra Lula. Estava no seu gabinete reunido com assessores e ministros. Mas a ordem no governo foi de adotar um tom cauteloso em público.

 

 

MaisPB com Blog do Camarotti