“Para deputado falar, AL tem que pagar som a empresa”, revela presidente

“Para deputado falar, AL tem que pagar som a empresa”, revela presidente

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado Adriano Galdino (PSB), justificou na sessão desta terça-feira (7), a impossibilidade de os parlamentares utilizarem em sua plenitude o sistema de som instalado na Casa de Epitácio Pessoa.

De acordo com Galdino, a empresa responsável pela instalação vendeu os equipamentos, mas só libera o som mediante pagamento pela utilização de um software. O presidente da Assembleia não revelou a quantia, mas adiantou que o montante cobrado “não é barato”.

Por conta disso, para fazer uso da palavra de seus assentos, os parlamentares tiveram que acenar para que o presidente ‘abrisse’ o microfone. “Essa é uma maneira inteligente que essa empresa criou para ganhar dinheiro do serviço público, aliás, essa é a mesma empresa de Belo Horizonte que chegou aqui num sábado para mudar o painel eletrônico”, disse.

 

 

 

 

 

 

Alexandre Freire – MaisPB