Papa vai estrear conta no Instagram neste sábado

Papa vai estrear conta no Instagram neste sábado

O papa Francisco inaugura no sábado (19) sua conta no aplicativo de compartilhamento de fotos Instagram, sob o nome de “Franciscus”, aumentando assim sua presença nas redes sociais após o sucesso alcançado no Twitter.

O anúncio foi feito pelo monsenhor Dario Vigano, prefeito da poderosa Secretaria das Comunicações da Santa Sé. “O Instagram vai ajudar a contar o pontificado através de imagens, para que as pessoas compartilhem os gestos de ternura e misericórdia do papa Francisco”, explicou Viganó.

O prelado, encarregado pelo papa argentino de modernizar e coordenar o sistema de comunicação do Vaticano, explicou que usarão fotos do jornal da Santa Sé, o Osservatore Romano, assim como vídeos, “dando prioridade aos detalhes, a esses aspectos que transmitem a mensagem de proximidade e inclusão que Francisco tem para todos”, disse.

O papa escolheu a data do sábado, dia de São José e no qual se comemora o início oficial de seu pontificado, após três anos, quando celebrou a missa de entronização na basílica de São Pedro.

Estratégia de comunicação

A chegada do argentino Jorge Mario Bergoglio ao aplicativo mais usado pelas celebridades, que costumam publicar fotografias de sua vida privada, é um passo a mais na estratégia de comunicação do Vaticano.

Desde que foi eleito, Francisco se revelou um grande comunicador, graças a sua linguagem simples e direta, sua espontaneidade e seu estilo sóbrio e humilde.

Fazer o perfil do papa no Instagram foi uma ideia concretizada após o encontro, em 26 de fevereiro, entre o pontífice e Kevin Systrom, dono e fundador da rede social de fotografias.

“Falamos sobre o poder das imagens como uma ferramenta para unir as pessoas de todas as culturas e todos os idiomas”, contou Francisco ao final do encontro com o jovem empresário americano.

Franquia da rede social Facebook, o Instagram conta com cerca de 400 milhões de usuários em todo o mundo.
A rede social Twitter, na qual o papa tem a conta “Pontifex” em vários idiomas, contava no final de dezembro com 320 milhões de membros.

A conta no Twitter foi aberta por Bento XVI em dezembro de 2012 e assumido pelo sucessor, obtendo um sucesso impressionante.

Mais de 30 milhões seguem o papa no Twitter, dos quais 8,8 milhões em inglês e 11,3 milhões em espanhol.

A igreja quer estar presente nas redes sociais para expressar sua mensagem de forma moderna, especialmente entre os jovens.

 

 

 

 

G1