Papa Francisco pode se reunir com Fidel Castro durante sua visita a Cuba

Papa Francisco pode se reunir com Fidel Castro durante sua visita a Cuba

Papa Francisco poderá se reunir com Fidel Castro durante sua visita a Cuba entre 19 e 22 de setembro, indicou nesta terça-feira o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi.

"Uma reunião com Fidel é possível, apesar de não estar prevista em um momento específico do programa", afirmou o porta-voz à imprensa.

"O desejo de celebrar o encontro foi manifestado por seu irmão, o presidente Raúl Castro, durante a reuniào com o papa", acrescentou Lombardi.

O Papa Francisco, artífice da histórica aproximação entre Cuba e Estados Unidos depois de meio século, deve desembarcar em Havana em 19 de setembro.

O porta-voz do Vaticano disse ainda que Francisco jamais esteve em Cuba e que passou apenas uma hora e em um aeroporto em trânsito para a Argentina quando era arcebispo de Buenos Aires.

O Papa também visitará Holguín e Santiago, e marcados oito discursos em Cuba.

Lombardi descartou de novo que o papa tenha uma reunião prevista durante sua permanência em Cuba com os representantes da guerrilha colombiana das Farc, que negociam um acordo de pais com Bogotá na ilha.

"Sua santidade é a favor das negociações, mas não pensa em reunir-se com uma das partes. Nada está previsto. Claro que o papa pode decidir mudar seu programa quando quiser", destacou, no entanto.

 

 

 

G1