Papa Francisco inicia fase final da viagem para a África

Papa Francisco inicia fase final da viagem para a África

O Papa Francisco desembarcou neste domingo (29) em Bangui, a última etapa de sua viagem ao continente africano e a mais perigosa, em consequência da violência religiosa que afeta a República Centro-Africana, onde o pontífice pretende apresentar uma mensagem de paz e reconciliação.

O avião pousou às 10h (7h de Brasília) no aeroporto de Bangui, perto do qual milhares de pessoas buscaram refúgio contra a violência e a proteção dos soldados da ONU.

“Venho à República Centro-Africana como peregrino da paz e me apresento como um apóstolo da esperança”, escreveu Francisco em sua conta oficial do Twitter minutos antes da aterrissagem.

Nas ruas que levam ao aeroporto, as autoridades mobilizaram um grande dispositivo de segurança para proteger o cortejo do papa.

A conveniência de manter a terceira etapa da viagem africana, após visitas ao Quênia e Uganda, foi muito discutida depois que o serviço secreto francês aconselhou o cancelamento.

A República Centro-Africana, devastada desde 2013 por uma guerra civil com um tom religioso entre as milícias seleka, majoritariamente muçulmanas, e as antibalaka, de maioria cristã, registra um elevado nível de tensão a poucas semanas das eleições presidenciais.

No entanto, o Papa Francisco, que dormirá em Bangui e na segunda-feira retornará para Roma, se negou a cancelar a etapa centro-africana e disse, com bom humor, que a temia apenas os mosquitos.

Os capacetes azuis da ONU (10.900 homens mobilizados em todo país), o contingente militar francês (900 soldados) e a polícia centro-africana organizaram um impressionante dispositivo de segurança nas áreas que serão visitadas pelo pontífice.

 

 

G1